Insatisfeitos com os rumos da gestão da prefeita Cordélia Torres, e com a falta de compromisso da mesma, os vereadores Valterlan, Fábio Arruda, Marcão do Salão, Adriano Cardoso e Adeilson do Açougue, estão dispostos a abandonar a base de apoio na Câmara Municipal, por não verem seus pleitos de interesse da população serem ao menos ouvidos.

Apontam que Cordélia tem se esquivado de recebê-los, dando sempre como resposta, o famoso “não”, ou empurrando as problemas para o seu esposo e secretário da Casa Civil resolver.

 

Desapontados com os seis meses de mandato, os parlamentares no exercício dos mandatos com responsabilidade e transparência, não querem causar transtornos, e fazer barulho desnecessário, mas se colocarem vigilantes ao bom uso dos recursos públicos, como fez nesta segunda-feira, 26, o vereador e líder do governo na Câmara, Adriano Cardoso, ao se dirigir ao Tribunal de Contas dos Municípios, onde solicitou informações sobre todos os pagamentos, transferências, e contratos realizados pela Prefeitura no governo da prefeita Cordélia Torres.

 

“Estamos exercendo nossos mandatos vigilantes ao uso do dinheiro do povo. Para isso fomos eleitos”, disse Adriano.

Os vereadores querem que suas solicitações de interesse das comunidades sejam atendidos. Mas não é isso que acontece. Apontam que Cordélia desdenha dos pleitos e não os recebe